97fa8851d4429040ccd51d19d681930a

Por que falar de sustentabilidade no setor de alimentos?

Nós do Semear apoiamos a acessibilidade! Ouça nosso conteúdo em áudio: 

Por Rubiana Enz – BSI Brasil   Há algum tempo ouvimos falar sobre sustentabilidade e como esse assunto é urgente para todos os setores da sociedade.   Os objetivos do desenvolvimento sustentável ou conhecidos ODS (SDG’s em inglês) estabelecem objetivos que devem ser atingidos até 2050 pelas indústrias em geral, pelos governos, pela sociedade. Entre eles temos objetivos relacionados a: diversidade, fome zero, equidade, ar, água, solo, energias renováveis, combate às mudanças climáticas, biodiversidade, qualidade de vida e bem-estar entre outros. São 17 objetivos ambiciosos e interconectados que abordam os principais desafios de desenvolvimento enfrentados por pessoas no Brasil e no mundo. https://odsbrasil.gov.br/    Para que esses objetivos sejam atingidos e consigamos reverter principalmente as questões relacionadas ao aquecimento global e as mudanças climáticas, é necessária uma ação coletiva e neste momento vemos que a iniciativa privada tem sido pioneira nesse aspecto, ao menos no Brasil.    Sendo a indústria de alimentos uma das maiores emissoras de gases do efeito estufa (GHG), com alta utilização de água e recursos naturais para seus processos entre outros impactos, é uma indústria que pode e deve rever seus processos através das tecnologias disponíveis e tendências futuras de forma a minimizar seus impactos e atingir sua parcela de atendimento aos objetivos do desenvolvimento sustentável com sucesso, garantindo assim uma melhor qualidade de vida para as gerações futuras e resiliência à cadeia de alimentos. Afinal o objetivo sobre fome zero é diretamente relacionado ao sucesso da indústria de alimentos. https://archive.ellenmacarthurfoundation.org/explore/food-cities-the-circular-economy   Faço aqui um paralelo ao recente marco que foi a “Declaração de Londres” (London Declaration) assinado pelos países signatários da ISO com compromisso de inserir nas novas versões das normas internacionais, requisitos que auxiliem as empresas e seus processos a estarem alinhados aos objetivos do desenvolvimento sustentável. https://www.iso.org/news/ref2726.html    Apenas através de sistemas de medição, informação confiável, verificações e avaliações e auditorias dos dados e certificações por uma terceira parte, é possível garantir que as ações das empresas realmente estão atingindo os impactos apropriados rumo aos objetivos do desenvolvimento sustentável e consequentemente trazendo uma melhor qualidade de vida para as gerações futuras, reduzindo o impacto das mudanças climáticas e protegendo a biodiversidade, dois fatores cruciais para a preservação da vida no Planeta.    Não fique fora dessa agenda! Faça parte das associações e dos fóruns com relação a sustentabilidade no setor de alimentos. A resiliência do seu negócio depende da sua ação agora.   Conheça os objetivos do desenvolvimento sustentável e como as normas de sistemas de gestão podem apoiar as empresas atingi-los de forma sustentável de forma apropriada acessando: https://www.bsigroup.com/pt-BR/topicos/sustentabilidade-e-economia-circular/ 

Adicione um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

16 − três =