1689266609958

A Accountability na Construção da Cultura Organizacional

Por: Keli Lima Neves

 A accountability, ou responsabilização (no nosso bom e velho português), é um pilar fundamental para o funcionamento saudável de qualquer organização.

A Accountability na Construção da Cultura Organizacional

Dia desses li um artigo na Forbes com o título “5 lições de Carolyn Taylor para colocar em prática o accountability e construir uma reputação confiável” e não pude desvincular tudo que li com esse nosso trabalho de construir uma cultura de qualidade e de segurança dos alimentos na empresa.

Quando se trata da construção da cultura dentro de uma organização, a accountability, a responsabilização, desempenha um papel crucial. Ela não apenas estabelece a base para a confiança e transparência, mas também promove a responsabilidade individual e coletiva, alimentando uma cultura de excelência e crescimento contínuo.

Na minha opinião, não há mudança de hábitos sem que cada individuo compreenda e aceite suas responsabilidades. A autoridade, autonomia, o autocontrole requer responsabilidade.

A construção de hábitos que alteram a cultura organizacional requer o entendimento da responsabilidade que cada pessoa tem perante suas ações e decisões.

 

O que é Accountability?

 Antes de adentrarmos na sua importância para a construção da cultura organizacional e no nosso caso especificamente a cultura de qualidade e segurança dos alimentos, é essencial compreender o que significa accountability.

Este termo refere-se à responsabilidade de indivíduos e organizações por suas ações e decisões. Na prática, a accountability envolve a prestação de contas e a transparência em relação às ações realizadas e aos resultados alcançados.

 

A Construção da Cultura

A cultura de uma organização é o conjunto de valores, crenças, normas e comportamentos compartilhados dentro de uma empresa. Ela define a identidade da organização e influencia diretamente a maneira como os colaboradores se comportam e interagem no ambiente de trabalho.

É importante entender que a cultura se dá também através do exemplo. Então unir: Valores, Educação, Recurso, Exemplo e Responsabilidade são pontos chaves na construção de uma cultura.

 

A Relação entre Accountability e Cultura Organizacional

A accountability desempenha um papel crucial na construção e sustentação de uma cultura organizacional positiva, podemos relacionar algumas interferências da Responsabilidade na construção de Cultura:

 

a) Transparência e Confiança: A accountability promove a transparência, pois os colaboradores são incentivados a compartilhar informações, ideias e feedback de maneira aberta e honesta. Quando os líderes e funcionários assumem a responsabilidade por suas ações e decisões, isso ajuda a construir confiança dentro da organização.

b) Responsabilidade Individual e Coletiva: A accountability incentiva os indivíduos a assumirem responsabilidade por suas tarefas, metas e resultados. Ao mesmo tempo, ela também promove a responsabilidade coletiva, incentivando os colaboradores a trabalharem em equipe para alcançar os objetivos organizacionais.

c) Cultura de Excelência e Melhoria Contínua: Em uma cultura de accountability, os erros são encarados como oportunidades de aprendizado e crescimento, em vez de fontes de culpa ou punição. Isso promove uma mentalidade de melhoria contínua, onde os colaboradores se sentem incentivados a buscar a excelência em tudo o que fazem.

d) Alinhamento com Valores e Objetivos: A accountability ajuda a garantir que as ações e decisões dos colaboradores estejam alinhadas com os valores e objetivos da organização. Isso contribui para a coesão e consistência na cultura organizacional, fortalecendo a identidade da empresa.

Para finalizar, deixo um destaque para as 5 lições da Accountability descritas por Carolyn Taylor (Artigo divulgado pela Forbes), que faz todo sentido entendermos quando estamos inseridos no processo de construção da cultura em uma organização:

Seja claro com seu pedido

“Na posição de solicitante, faça pedidos muito claros. Seja objetivo sobre quais resultados você considera que sejam um sucesso. Além disso, não seja vago sobre os dados e pergunte tudo o que precisar para a outra pessoa. Portanto, faça pedidos claros”.

Escute com atenção

“Enquanto concedente, você deve ouvir atentamente o que está sendo solicitado e, em seguida, fazer a si mesmo algumas perguntas: “Posso prometer isso?” e “Posso contar com isso?”. Pense na accountability a partir dessa frase: eu posso contar com você e você pode contar comigo. Então, escute com atenção o que será necessário fazer e quais serão os riscos”.

Reflita sobre os deveres e os riscos

“Seja cauteloso e apenas diga sim após refletir sobre os riscos do pedido, as maneiras de mitigá-los, a probabilidade de entrega e a sua responsabilidade. Mantenha-se alinhado com o que está se comprometendo, de modo que os dois lados possam discutir se o pedido é factível ou exagerado”.

Sele o compromisso

“Gradualmente, avance a conversa até chegar ao ponto ideal: quando o solicitante se sente confortável com o que está sendo prometido e o concedente se sente seguro sobre a tarefa proposta. Esse é o ponto mágico onde o compromisso pode finalmente ser feito”.

Cumpra o que foi prometido

“Após assumir esse compromisso, leve a sério sua palavra e a mantenha. Lembre-se de que você constrói sua reputação a partir dessas atitudes. Por outro lado, se as pessoas derem a sua palavra a você, acompanhe os progressos de perto, já que elas lhe devem algo também. Não deixe as coisas passarem e não tolere o que poderia ter sido melhor – tenha aquelas conversas difíceis. Tanto o solicitante quanto o concedente têm a função de acompanhar e entregar as tarefas – e de aprender com isso quando as coisas derem errado”.

Em suma,  accountability desempenha um papel fundamental na construção de uma cultura organizacional positiva e vibrante. Ela promove a transparência, confiança, responsabilidade individual e coletiva, além de fomentar uma mentalidade de excelência e melhoria contínua. Investir na promoção da accountability dentro da empresa não apenas fortalece a cultura, mas também contribui para o sucesso a longo prazo da organização.

 

Quer saber por onde começar quando o assunto é Cultura de Segurança dos Alimentos?

Tags: No tags

Adicione um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

vinte − 18 =