infografico-1-1-300x300

Dia mundial da Segurança dos Alimentos 2024

Por: Keli Lima Neves

O Dia Mundial da Segurança dos Alimentos, celebrado em 7 de junho, é uma iniciativa global destinada a aumentar a conscientização sobre a importância da segurança dos alimentos e está diretamente relacionada aos Objetivos Sustentáveis da ONU.

Dia mundial da Segurança dos Alimentos 2024

O lema é levar informação sobre segurança dos alimentos para todos e por isso o slogan “Segurança dos alimentos é assunto de todos” segue sempre como uma diretriz para que as pessoas e empresas pensem em como abordar os temas relacionados a Segurança dos Alimentos para além da empresa e de seus colaboradores.

A cada ano um tema diferente, para colaborar com inovações nas iniciativas de cada empresa e movimentar diferentes temas dentro deste mesmo contexto: Produção de alimentos seguros.

Temas do Dia Mundial da Segurança dos Alimentos ao longo dos anos

A Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (Food and Agriculture Organization – FAO)  celebra esta data há seis anos, os temas dos anos anteriores foram:

2019: O Futuro da Segurança dos Alimentos.

2020: Segurança dos Alimentos, responsabilidade de todos.

2021: Alimentos seguros agora para um amanhã saudável.

2022: Alimentação Segura, Melhor Saúde.

2023: Padrões alimentares salvam vidas.

 

A campanha conjunta da FAO e da OMS para o Dia Mundial da Segurança dos alimentos tem como tema central: Segurança dos alimentos – prepare-se para o inesperado.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 600 milhões de pessoas adoecem e 420 mil morrem a cada ano devido a doenças transmitidas por alimentos contaminados. Estes números ressaltam a necessidade de um esforço global coordenado para melhorar a segurança dos alimentos.

Essa campanha tem alguns objetivos bem definidos:

  1. Aumentar a Conscientização: Educar o público sobre a importância da segurança dos alimentos e as práticas que podem prevenir a contaminação.
  2. Fortalecer os Sistemas de Segurança Alimentos: Apoiar governos e indústrias na implementação de regulamentações e práticas de segurança dos alimentos mais robustas.
  3. Promover Práticas Sustentáveis: Encorajar métodos de produção e processamento de alimentos que minimizem riscos e preservem os recursos naturais.
  4. Fomentar a Cooperação Internacional: Facilitar a troca de conhecimentos e melhores práticas entre países para enfrentar desafios comuns relacionados à segurança alimentar.

 

A campanha de 2024 irá explorar questões relacionadas com incidentes inesperados que podem ocorrer mesmo quando todos nós desempenhamos o nosso papel para manter os alimentos seguros.

Tais incidentes podem ser tão simples como uma queda de energia em casa e os desafios subsequentes no armazenamento seguro de alimentos. No outro extremo da escala, os alertas internacionais que envolvem contaminação ou potencial contaminação no abastecimento alimentar, cujas origens devem ser identificadas o mais rapidamente possível para evitar um surto de doença. Nessas situações, o levantamento de dados e a rápida troca de informações através das fronteiras e dos setores ajudam a prevenir a propagação de doenças de origem alimentar.

A campanha do Dia Mundial da Segurança dos Alimentos deste ano convida os participantes a procurar formas de se prepararem melhor para estes eventos inesperados.

 

A Diretora da Divisão de Sistemas Agroalimentares e Segurança Alimentar da FAO, Corinna Hawkes, e o Diretor do Departamento de Nutrição e Segurança Alimentar da OMS, Francesco Branca, deixam a seguinte mensagem:

“Antecipar os tipos de eventos que podem ocorrer, seja um desastre natural como uma inundação, uma erupção vulcânica ou um corte de energia, pode garantir que o risco para a segurança dos alimentos seja minimizado. E em casa, o conhecimento dos consumidores sobre segurança dos alimentos pode evitar problemas em situações inesperadas”.

Podemos perceber que no sexto ano, a FAO e a OMS vão além do APPCC, além das Boas Práticas de Fabricação e além dos padrões regulamentares. Eles nos trazem a reflexão de programas como: Gerenciamento de crises, Gerenciamento de mudanças e até mesmo o Food Defense e Food Fraud, pois são também, situações inesperadas.

Para além da indústria, nos faz pensar em quais seriam as situações inesperadas para o consumidos, trazendo como exemplo a queda de energia, enchentes (uma realidade vivida no Sul do país), incêndios, doações de alimentos (é uma forma inesperada de obtenção de alimentos e também de oferta), desabastecimento, substituições ou aquisições de fontes diferentes.

São inúmeras as possibilidades de situações inesperadas e a campanha deste ano nos chama para esse pensamento, para a tentativa de buscar prever situações inesperadas e antecipar as ações que podem ser tomadas caso elas ocorram, para que o alimento continue seguro, afinal, em momentos de crises temos uma dificuldade maior de buscar alternativas e estar preparado pode se ruma boa alternativa para passar de forma mais tranquila pelo inesperado.

No site oficial é possível acessar vários materiais preparados pelo FAO e OMS para apoiar as iniciativas em comemoração ao dia mundial da segurança dos alimentos de 2024.

Confira o material disponível, as ideias e transforme em ações na sua empresa.

 

 

Tags: No tags

Adicione um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

2 × quatro =