Captura de Tela 2023-07-20 às 16.55.30

Agosto Lilás e os Objetivos Sustentáveis da ONU

Agosto Lilás e os Objetivos Sustentáveis da ONU!

Por: Keli Lima Neves

Mês de conscientização pelo fim da violência contra a mulher.

Sim! Somos uma empresa de Food Safety, esse é o nosso principal foco, mas, não existe Food Safety sem as pessoas! As pessoas são o coração para garantir a produção de alimentos seguros. E se pensarmos em Cultura de Segurança dos Alimentos, então, maior ainda a nossa motivação para falar sobre PESSOAS!

Já falamos aqui sobre a Mulher na Industria de Alimentos e trouxemos muitos números sobre este assunto.

No mês de agosto, uma campanha importante ganha destaque: o Agosto Lilás. Esta iniciativa tem como objetivo combater a violência contra a mulher e promover a conscientização sobre direitos e igualdade de gênero.  A escolha do mês tem relação com a data de sanção da Lei 11.340/2006, conhecida como Lei Maria da Penha.

Além de esclarecer as diversas formas de violência doméstica, o Agosto Lilás também fomenta debates sobre os direitos das mulheres e sobre a igualdade de gênero. O objetivo é trazer visibilidade ao tema e ampliar os conhecimentos sobre os dispositivos legais existentes e como auxiliar as vítimas.

O Agosto Lilás está alinhado aos Objetivos Sustentáveis da ONU, que buscam a construção de um mundo mais justo e sustentável para todos.

A violência contra a mulher é um problema global que afeta milhões de mulheres em diferentes contextos sociais e culturais. Ela se manifesta de diversas formas, desde a violência doméstica até o assédio sexual e o feminicídio. Esses crimes têm sérias consequências para as vítimas, que muitas vezes sofrem com traumas físicos e emocionais, além de terem seus direitos violados.

O Agosto Lilás surge como uma forma de dar voz às mulheres e promover a conscientização sobre a importância da igualdade de gênero. A campanha busca educar a sociedade sobre o respeito aos direitos das mulheres, incentivando a denúncia de casos de violência e criando uma rede de apoio para as vítimas. Além disso, busca-se desconstruir estereótipos de gênero e promover uma cultura de igualdade e respeito.

Os Objetivos Sustentáveis da ONU, por sua vez, são uma agenda global que busca solucionar os desafios mais urgentes da humanidade até 2030. Um dos objetivos é alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas. Para isso, são estabelecidas metas específicas, como eliminar todas as formas de violência contra as mulheres e meninas, garantir igualdade de oportunidades de liderança e participação política, além de assegurar o acesso universal à saúde sexual e reprodutiva.

Ao promover o Agosto Lilás, estamos contribuindo diretamente para o alcance dos Objetivos Sustentáveis relacionados à igualdade de gênero. É fundamental reconhecer que a violência contra a mulher é um obstáculo para o desenvolvimento sustentável de uma sociedade. Ela impede que as mulheres atinjam seu pleno potencial e contribuam de forma significativa para a construção de uma sociedade mais justa e igualitária.

Combater a violência contra a mulher!

Para combater a violência contra a mulher, é necessário envolver toda a sociedade. Governos, organizações não governamentais, empresas e cidadãos têm papel fundamental nesse processo. É necessário investir em políticas públicas que promovam a igualdade de gênero e o combate à violência, bem como criar mecanismos de denúncia e proteção para as vítimas.

É essencial educar a população sobre os direitos das mulheres e os impactos da violência, desde a escola até espaços de trabalho. A desconstrução de estereótipos de gênero é um passo importante para a construção de uma sociedade mais igualitária, onde todas as pessoas possam viver em segurança e ter suas vozes ouvidas.

Assim,  o Agosto Lilás e os Objetivos Sustentáveis da ONU estão intrinsecamente ligados. Ao promover a conscientização sobre a violência contra a mulher e buscar a igualdade de gênero, estamos contribuindo para a construção de um mundo mais justo, sustentável e igualitário para todas as pessoas. É necessário que cada um de nós se engaje nessa causa e reconheça a importância de combater a violência contra a mulher. Juntos, podemos fazer a diferença e construir um futuro melhor para todos.

E você? Aí na sua empresa? Já pensou em algo para movimentar esse assunto com seus colaboradores?

 

Tags: No tags

Adicione um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

15 − 7 =