legumes-por-wagner-t-cassimiro-aranha-setembro-de-2009

A escolha dos alimentos

Dicas para uma Alimentação Segura e Adequada

Por: Keli Lima Neves

A escolha dos alimentos

A alimentação adequada e segura é um direito humano básico que envolve a garantia ao acesso permanente e regular, de forma socialmente justa, a uma prática alimentar adequada aos aspectos biológicos e sociais do indivíduo. As pessoas precisam ter acesso aos alimentos que cubram as necessidades nutricionais e estes alimentos devem ser livres de qualquer tipo de contaminante que pode causar um dano a saúde das pessoas.

Alimento é Vida!

Se alimento é vida e a saúde começa com alimentação, então a sua escolha em relação ao que levar para casa, para mesa, para o seu corpo é escolher sobre sua saúde.

Para ajudar nas escolhas para alimentação da população brasileira, a ANVISA publica e revisa periodicamente o  Guia Alimentar para a População Brasileira que se constitui em uma das estratégias para implementação da diretriz de promoção da alimentação adequada e saudável.

A alimentação é uma parte essencial da nossa vida, não apenas para satisfazer a fome, mas também para nutrir nosso corpo e promover uma boa saúde. No entanto, nem todos os alimentos são iguais quando se trata de fornecer os nutrientes necessários e garantir a segurança que precisamos.

 

Neste artigo, exploraremos o que significa ter uma alimentação segura e adequada, além de fornecer dicas práticas para alcançar esse objetivo.

 

O que é uma Alimentação Segura e Adequada?

Uma alimentação segura e adequada é aquela que fornece todos os nutrientes essenciais de que nosso corpo precisa para funcionar corretamente, ao mesmo tempo em que minimiza os riscos de doenças relacionadas à dieta, como obesidade, diabetes, doenças cardíacas e certos tipos de câncer. Envolve a escolha de alimentos, e o manejo correto dos alimentos para evitar contaminação e deterioração.

Falamos sobre os níveis de processamento de alimentos aqui neste artigo e isso pode te ajudar na hora de escolher os tipos de alimentos para suprir nossa necessidade nutricional.

Existe uma variedade imensa de alimentos disponíveis, com diferentes tipos e níveis de processamento. É muito claro para todos que quanto mais natural, mais saudável, mas, não podemos esquecer que vivemos em um mundo globalizado com mais de 8 bilhões de pessoas e para que todos tenham acesso aos diferentes tipos de alimentos, é necessário que façamos uso da tecnologia e inovação. O desafio é saber escolher, tomar decisões conscientes, nem sempre optar pelo mais fácil, equilibrar a alimentação no dia-a-dia.

 

Algumas dicas importantes para uma alimentação adequada e segura:

 

Alimentos In Natura e Minimamente Processados: Esta deve ser a base da sua alimentação. Opte por alimentos frescos e naturais, como frutas, legumes, verduras, grãos integrais, carnes magras, peixes, ovos e leguminosas. Esses alimentos são ricos em nutrientes essenciais, fibras e antioxidantes, e geralmente possuem baixo teor de açúcares, gorduras saturadas e aditivos.

Varie sua Dieta: Consuma uma variedade de alimentos de diferentes grupos alimentares para garantir uma ingestão equilibrada de nutrientes. Isso ajuda a evitar deficiências nutricionais e promove uma microbiota intestinal saudável.

 Alimentos Processados e Ultraprocessados: Consuma estes tipos de alimentos de forma consciente. Defina um limite para a ingestão de alimentos processados e ultraprocessados.

Mantenha uma Hidratação Adequada: Beba água regularmente ao longo do dia para manter-se hidratado. Evite o consumo excessivo de bebidas açucaradas e alcoólicas, que podem contribuir para o aumento de peso e problemas de saúde.

 Controle as Porções: Esteja ciente das porções adequadas de cada alimento e evite comer em excesso. Comer em excesso pode levar ao ganho de peso e aumentar o risco de desenvolver doenças crônicas.

 Seja Consciente ao Comer Fora de Casa: Ao comer em restaurantes ou estabelecimentos de fast food, escolha opções mais saudáveis e não deixe de verificar se o estabelecimento segue as Boas Praticas de Manipulação e possui as licenças mínimas para funcionar como um estabelecimento fornecedor de alimentos.

Torne as Boas Práticas de Manipulação um hábitos:

  • Lave as mãos: Sempre lave as mãos antes de manusear alimentos, especialmente ao cozinhar ou comer. Isso ajuda a prevenir a transferência de microrganimos para os alimentos.
  • Higienize bem os alimentos: Lave frutas e vegetais sob água corrente antes de consumi-los, mesmo aqueles que serão descascados. Isso ajuda a remover resíduos, após a lavagem faça a desinfecção com produtos disponíveis no mercado ou cloro.
  • Armazenamento adequado: Mantenha os alimentos perecíveis refrigerados a temperaturas seguras (abaixo de 5°C) para evitar o crescimento de bactérias. Além disso, mantenha os alimentos secos e enlatados em locais frescos e secos, protegidos da luz e da umidade. Verifique sempre a orientação do fabricante no rótulo do produto e siga as orientações. Atente para diferença de armazenamento e tempo de validade do produto fechado e do produto após aberto.
  • Evite a contaminação cruzada: Mantenha alimentos crus separados de alimentos prontos para comer para evitar a contaminação cruzada. Use tábuas de corte diferentes e utensílios separados para carne crua e produtos frescos.
  • Cozinhe adequadamente: Certifique-se de que os alimentos, especialmente carnes, aves, ovos e frutos do mar, sejam cozidos completamente para matar quaisquer microrganismos nocivos. Use um termômetro de alimentos para verificar a temperatura interna.

Dicas de Armazenamento e Preparo de Alimentos: neste material você encontra dicas sobre temperaturas ideias para os diferentes tipos de alimentos, tanto para armazenamento quanto para o cozimento adequado. Baixe o seu!

  • Atenção para as informações nos rótulos: o rótulo é a comunicação do fabricante com o consumidor, leia atentamente todas as informações e siga-as para garantir o preparo e armazenamento adequados e seguros.
  • Cuidado ao comer fora: Escolha restaurantes e estabelecimentos que sigam boas práticas de higiene e manipulação de alimentos.
  • Atenção aos alimentos enlatados: Verifique se há sinais de danos ou vazamentos nas latas antes de comprar alimentos enlatados. Não consuma alimentos de latas que estejam estufadas ou danificadas, pois isso pode indicar contaminação.
  • Descongele com segurança: Descongele alimentos na geladeira, no microondas ou em água fria, nunca à temperatura ambiente. Isso ajuda a evitar o crescimento de bactérias nocivas.
  • Esteja ciente das alergias alimentares: Leia os rótulos dos alimentos para verificar se há ingredientes que possam causar reações alérgicas. Se você ou alguém que você conhece tem alergias alimentares, tome cuidado extra ao selecionar e preparar alimentos.
  • Conheça os fabricantes: Procure conhecer mais sobre as marcas que você compra, avalie se eles se preocupam com a produção de alimentos seguros.

 

Ao seguir essas dicas, você estará no caminho certo para uma alimentação segura e nutritiva.

Lembre-se de que pequenas mudanças progressivas podem levar a grandes melhorias na saúde a longo prazo.

 

Referência: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/folder/escolha_dos_alimentos.pdf

Tags: No tags

Adicione um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

quatro × dois =