ESG

A sua empresa se preocupa com os princípios ESG? 

Pautas importantes para a sociedade como a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável, a igualdade de direitos, a equidade, a diversidade e, a inclusão, a busca por melhores condições de trabalho e qualidade de vida vem ganhando destaque  no mundo todo, e acredite, empresas que não se adaptarem a esses pilares podem correr riscos no mercado. Veja abaixo o que são os princípios ESG e por que eles são importantes: 

 

O que é o ESG? 

ESG é a sigla em inglês para “environmental, social and governance” (ambiental, social e governança, em português), geralmente utilizada para medir as práticas ambientais, sociais e de governança de uma empresa. A sigla reúne os três pilares para uma empresa ter uma operação mais sustentável. 

O termo aparece pela primeira vez no relatório Who Cares Wins (“Quem se preocupa ganha”, em tradução livre), de 2004, quando o então secretário-geral da ONU, Kofi Annan, escreveu a 50 diretores e CEOs das principais instituições financeiras do mundo, convidando-os a integrar princípios de ESG ao mercado financeiro. Isso culminou na criação do PRI (Principles for Responsible Investments), uma iniciativa da ONU.  

 

Por que implementar os princípios ESG na minha empresa? 

Com as transformações digitais os consumidores ficaram cada vez mais exigentes em relação às marcas que consomem, mas não só isso, apostar nos princípios ESG abre espaço para as empresas se destacarem no mercado e receberem investimentos, por exemplo. 

Além disso, os princípios ESG apresentam vantagens como: 

 

  • Melhora o desempenho financeiro
  • Fortalece a marca
  • Amplia a retenção de talentos
  • Reduz custos e riscos
  • Promove a transparência

 

Empresas com boas práticas de ESG correm menos riscos de enfrentarem problemas jurídicos, trabalhistas, fraudes e sofrerem ações por impactos ao meio ambiente. Além disso, em pesquisa recente, a Bloomberg estima que a agenda ESG deve atrair US$53 trilhões em investimentos em 2025.

 

Os princípios ESG: 

Veja abaixo quais são os princípios básicos do ESG:

 

GOVERNANÇA

  • Responsabilidade de diretores e acionistas 
  • Práticas anticorrupção
  • Respeito à legislação 
  • Ética

 

MERCADO

  • Marketing responsável
  • Produtos responsáveis
  • Sustentabilidade na cadeia produtiva

 

SOCIEDADE

  • Impactos na comunidade
  • Desenvolvimento econômico
  • Direitos humanos

 

AMBIENTE DE TRABALHO

  • Atração e retenção de talentos
  • Bem-estar dos empregados
  • Igualdade e diversidade
  • Saúde e segurança 

 

MEIO AMBIENTE

  • Gestão de resíduos
  • Gestão de água e energia limpa
  • Emissão de gases poluentes
  • Biodiversidade 

 

Como vimos, a obtenção de lucro não deve ser o único objetivo das empresas. É preciso considerar também os diversos impactos envolvidos nas operações, em consonância com os anseios de uma geração que vem priorizando o consumo de marcas mais transparentes, responsáveis e alinhadas com seus valores pessoais.

Para que isso aconteça, devem haver práticas de monitoramento em todos os processos da sua empresa. No caso da indústria de alimentos, por exemplo, as práticas devem ser realizadas desde a compra ou a produção do alimento no campo, até registros dos processos da gestão da qualidade dos seus produtos e processos. Ou seja, um monitoramento das origens e insumos. Assim, o cliente saberá todo o caminho que o produto percorreu e terá acesso a documentação de históricos e registros da sua empresa.

Desta maneira, para uma implementação eficiente dessas boas práticas, você pode começar a focar na transparência de todos os seus processos e estabelecer o rastreamento e registros de todas as suas ações.

Quer saber mais sobre como implementar os princípios ESG na sua empresa? Veja nossa série de conteúdos sobre a cultura de segurança dos alimentos. E claro, qualquer dúvida pode entrar em contato com a gente! 

 

Adicione um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

7 − 3 =