Melões

Melões contaminados com Salmonella nos EUA e Canadá

Por: Keli Lima Neves

Melões contaminados com Salmonella nos EUA e Canadá

Ao entrar no website do CDC, você pode verificar um resumo sempre atualizado da situação e todas as demais informações, desde o acompanhamento da investigação até as orientações do que os consumidores e comércio devem fazer. Informações completas e transparentes.

Resumo do CDC sobre o surto nos EUA

  • Doentes: 117 pessoas
  • Internações: 61 pessoas
  • Morte: 2 pessoas
  • Estados envolvidos: 34

O melão que está envolvido nos casos de contaminação foi importado do México para o Canadá e para os EUA.

No Canadá, assim como nos EUA você tem acesso a uma página oficial com todas as informações e orientações sobre o surto.

Melões contaminados com Salmonella nos EUA e Canadá

No Canadá, até 1º de dezembro, foram confirmados laboratorialmente  66 casos de  Salmonella  Soahanina. Infecções adicionais por Salmonella  estão sob investigação e mais doenças associadas a este surto podem ser confirmadas. Indivíduos adoeceram entre meados de outubro e meados de novembro de 2023. Dezenove indivíduos foram hospitalizados. Uma morte foi relatada.  A maioria dos indivíduos que adoeceram são crianças com 5 anos ou menos (39%) ou adultos com 65 anos ou mais (39%).

Através da investigação da CFIA, as cepas de surto de Salmonella que deixaram as pessoas doentes foram encontradas em amostras do melão das marcas  Malichita e Rudy

De acordo com o CDC, nos Estados Unidos há provavelmente muito mais pessoas doentes do que a contagem registrada, porque as pessoas frequentemente não procuram cuidados médicos se os sintomas forem leves e a melhora acontecer rapidamente. Além disso, a menos que sejam realizados testes específicos, as infecções por Salmonella são frequentemente diagnosticadas erroneamente como outras doenças.

O Recall está sendo realizado em Melões inteiros Malichita e Rudy, Melões pré-cortados da marca Vinyard, Melão inteiro ALDI e produtos de frutas pré-cortados, Marca Frescor Garantida e melões pré-cortados da marca RaceTrac.

Sobre infecções por Salmonella

Alimentos contaminados com a bactéria Salmonella geralmente não parecem, cheiram ou têm sabor estragado.

Os sintomas da infecção por Salmonella podem imitar outras doenças, levando frequentemente a diagnósticos incorretos.

Tais sintomas podem incluir: diarreia, cólicas abdominais e febre dentro de 12 a 72 horas após a ingestão de alimentos contaminados. Os adultos saudáveis ​​geralmente ficam doentes por quatro a sete dias. Em alguns casos, contudo, a diarreia pode ser tão grave que os pacientes necessitam de hospitalização.

Idosos, crianças, mulheres grávidas e pessoas com sistemas imunitários enfraquecidos têm maior probabilidade de desenvolver doenças graves e condições graves, por vezes fatais.

Algumas pessoas são infectadas sem ficarem doentes ou apresentarem quaisquer sintomas. No entanto, eles ainda podem espalhar as infecções para outras pessoas.

O CDC informa que higienizar a casca do melão com água e sabão não é um tratamento adequado, pois a casca é porosa, assim, a recomendação para quem comprou era o descarte.

O FDA também acompanha o caso e traz todas as informações em uma página oficial onde é possível acompanhar a investigação e as orientações.

Quero saber mais sobre Salmonella.

Tags: No tags

Adicione um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

19 − 10 =