desperdício de alimentos

Comida no prato e desperdício de alimentos

Nós do Semear apoiamos a acessibilidade. Ouça nosso conteúdo em áudio:


 Estamos abordando aqui no blog no SEMEAR vários temas sobre a redução do desperdício de alimentos. Já trouxemos dicas sobre como utilizá-los integralmente e técnicas de congelamento de legumes e verduras, por exemplo. Hoje queremos trazer a reflexão sobre a comida que nós colocamos no prato, que, inevitavelmente, caso não seja completamente consumida, vai para o lixo. Pare e reflita:

 Você sempre se lembra de pensar em colocar a quantidade certa para evitar que ela vá pro lixo? Será?!

Neste momento, no mundo, são quase 1 bilhão de pessoas em situação de fome e uma simples mudança no hábito pode ajudar.
Um estudo de 2020 da Universidade de Santa Maria pesou a quantidade de restos dos pratos em uma semana no restaurante universitário. Somente destes restos foram para o lixo 1.195 quilos de comida, em 6 dias, no restaurante que tem um fluxo médio de 3.500 pessoas por dia. Este montante de comida que virou lixo daria para servir 2.390 pratos de 500 gramas.
Devemos estar atentos não somente na hora de montarmos os nossos pratos. Devemos nos atentar também no prato das crianças. Pois quando nós e nossos filhos não comemos tudo o destino é o lixo! E assim, todos os dias, almoço e jantar, a comida vai indo pro lixo.
Por isso a dica de hoje para a redução do desperdício de alimentos é: Antes de montarmos o nosso prato é importante parar olhar para dentro, percebermos o tamanho e o tipo da nossa fome e respeitá-la. 
Pergunte a si mesmo se a fome que você está sentindo é fisiológica ou emocional. “Será que estou colocando tanta batata no meu prato porque ela está cheirosa e bonita, ou porque eu mereço, ou porque estou triste, ou porque eu preciso mesmo daquela quantidade?!” E assim, você vai montando um prato mais consciente. E então! Monte um prato sustentável!
Deixo aqui o link do vídeo de uma campanha de 2012, porém muito atual. Uma rede de tickets refeição em parceria com um restaurante, reduziram o tamanho dos pratos para que as pessoas visualizassem, na prática, o quanto elas poderiam colocar menos nos pratos para evitar o desperdício.
https://www.youtube.com/watch?v=V0FvyIYeWOI
Vamos juntos nessa? Pare, reflita, sinta e entenda sua fome e depois monte e raspe o prato!
Referências:
https://periodicos.unifacef.com.br/index.php/rea/article/download/1666/1494
https://www.youtube.com/watch?v=V0FvyIYeWOI
Por: Natália Furtado

Adicione um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

12 − 5 =