água na industria de alimentos

Qualidade da água: qual a importância na indústria de alimentos?

A água é um elemento importante na indústria de alimentos, e a sua qualidade pode ter um impacto significativo nos produtos finais. A água potável é essencial para a higiene e segurança dos alimentos. Por estas razões, é crucial que as empresas de alimentos mantenham os padrões de qualidade da água dentro dos níveis estabelecidos para garantia da segurança dos alimentos em todas as etapas do processamento dos alimentos. 

 

Qual a importância da qualidade da água na indústria de alimentos?

A água é elemento básico nas indústrias, as quais são responsáveis por aproximadamente 22% do consumo total de águas. O uso nos processos industriais  se inicia desde o uso da água no preparo dos produtos alimentícios até a limpeza de utensílios, equipamentos, ambientes, sistemas de refrigeração e de geração de vapor.

 

Como a qualidade da água impacta o setor de alimentos?

O controle de qualidade da água é de total importância para garantir a segurança dos alimentos ofertados aos consumidores, pois a água se não estiver dentro dos padrões e recomendações legais vigentes, pode se tornar um grande veículo de contaminação para os alimentos. 

 

O que é necessário para manter a qualidade da água na indústria de alimentos?

A água utilizada na indústria de alimentos deve atender aos padrões legais de potabilidade de acordo com a legislação vigente, para isso, é importante que seja estabelecido um cronograma para o monitoramento e controle da qualidade da água utilizada nos processos de fabricação, através da realização de análises que atestem a potabilidade da água utilizada.

 

Quais as principais ameaças à qualidade da água nas indústrias de alimento?

São inúmeros os contaminantes carregados pela água como bactérias, vírus, parasitas, toxinas naturais, produtos químicos, agrotóxicos, metais pesados, que se presentes na água podem contaminar os alimentos gerando riscos à segurança.  

Além disso, minerais como o cálcio e o magnésio influenciam na dureza da água, provocando danos em equipamentos e utensílios, podendo inclusive afetar a ação dos detergentes utilizados nos processos de higienização. 

 

Leia também: Riscos da água contaminada com rejeitos de minério 

 

Medidas preventivas que assegurem a qualidade da água 

Sem dúvida a melhor forma de prevenção é o estabelecimento de um plano de amostragem para realização de análises laboratoriais que comprovem a potabilidade da água utilizada nos processos industriais, sendo que este cronograma deve contemplar no mínimo:

Monitoramento dos parâmetros de qualidade da água: análise microbiológica para pesquisa de Coliformes totais e Escherichia coli, além dos parâmetros de cloro, pH, cor e turbidez conforme previsto na legislação vigente.

Monitoramento dos parâmetros gerais de potabilidade da água: contemplando análise de todos os parâmetros estabelecidos na legislação vigente, incluindo contaminantes químicos, resíduos de agrotóxicos, metais pesados, entre outros.

É importante que o cronograma seja elaborado com frequências que estejam de acordo com as orientações da legislação vigente, e quando esta não trouxer uma frequência recomendada, a indústria deve estabelecer um cronograma com frequência que não coloque em risco a segurança dos alimentos.

 

Como podemos te ajudar?  

Como vimos acima, a água é um elemento fundamental na indústria de alimentos, que deve ser analisada constantemente para garantir produtos seguros aos consumidores. Entre em contato com a BRQuality e tenha suporte qualificado para realizar análise microbiológica e físico-química. Vamos conversar?

qualidade da água

Adicione um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

1 × 1 =